Home » Notícias» Juiz de Fora » No clima do Natal – Universo Juiz de Fora

22 de dezembro de 2017
No clima do Natal – Universo Juiz de Fora

Alunos, ex-alunos, professores e funcionários da UNIVERSO/Juiz de Fora se engajaram em campanhas para arrecadação de roupas, alimentos e brinquedos que foram doados para instituições assistenciais de Juiz de Fora.

Pioneira nessa ideia, a professora Marinéa Vincentina Cruz realiza há sete anos o Natal Solidário da tia Meg, que a cada edição contempla duas instituições permanentes – Sociedade São Vicente de Paulo e  assistidos das pastorais da igreja Nossa Senhora Aparecida, no bairro Granjas Betânia – e outras alternadas, como Instituto Jesus, Instituto Maria, Gedae, dentre outros. Nesse ano, parte das doações foram divididas, além das duas permanentes, entre o Grupo Casa e Sociedade beneficente Mão Amiga. A escolha pelo Grupo Casa, que presta assistência aos portadores do vírus HVI, se deu devido à campanha encabeçada pelo aluno do 4º período do curso de Serviço Social, André Luis de Oliveira, que se solidarizou com a situação de pacientes e familiares que recebem apoio psicológico, social, jurídico, clínico e educativo através de trabalho voluntário. Já o Mão Amiga foi escolhido pelos acasos do coração. Auxiliando a 250 famílias, 199 crianças em Juiz de Fora, 50 no distrito de Torreões e a 90 idosos, a entidade enfrentava dificuldades para a realização do seu Natal e recebeu com muita gratidão a entrega realizada no campus da UNIVERSO/Juiz de Fora.

Para a professora Meg, o estímulo para realização da campanha, que hoje já ganhou rosto e corpo, passa pela crença no ser humano. “O Natal Solidário é uma oportunidade que temos para agradecer e que já nos proporciona a alegria de fazer algo para o próximo”, sinaliza. Citando que essa é uma missão herdada ainda no berço, a professora destaca o envolvimento dos alunos, professores e familiares que tornam o ato de doar ainda mais sublime. “A cada término de uma campanha percebo que o Natal Solidário já é capaz de seguir seu caminho sozinho, pois as pessoas não abraçaram apenas uma ideia. Cada pessoa que doa seu tempo na arrecadação, na separação por faixa etária, no empacotamento dos brinquedos, na carreata, na distribuição, na atenção dispensada a cada criança, a cada idoso, optou por um propósito de vida que leva em conta e acredita  em pequenos gestos para fazer a diferença”, pontua.

Mesmo num ano de grandes dificuldades, a campanha arrecadou 38 cestas básicas, aproximadamente 1300 brinquedos, além de roupas, calçados e roupinhas de bebê, alcançando, dessa maneira, o recorde de doações ao longo desses sete anos.

 

No clima do Natal - Universo Juiz de Fora

No clima do Natal – Universo Juiz de Fora

No clima do Natal - Universo Juiz de Fora

No clima do Natal – Universo Juiz de Fora

 

Ver mais notícias