Home » Notícias» Niterói » Universo recebe para debate candidatos ao Vice-Governo do Rio de Janeiro

9 de outubro de 2018
Universo recebe para debate candidatos ao Vice-Governo do Rio de Janeiro

Por Diogo Fernandes e Jane Lou- alunos de Comunicação Social – Jornalismo

A Universidade Salgado de Oliveira Universo, campus Niterói sediou o debate entre os candidatos a vice-governadores pelo estado do Rio de Janeiro. Compareceram ao encontro os candidatos: Cláudio Castro (PSC), vice de Wilson Witzel; ComteBbittencourt (PPS), vice de Eduardo Paes; Leonardo Giordano (PCdoB), vice de Márcia Tiburi e Zaqueu Teixeira (PSD), vice de Índio da Costa.

Segurança, educação, saneamento básico, o sistema carcerário e a exploração do turismo na região leste fluminense foram os temas debatidos em transmissão ao vivo pela TV Universo afiliada daTV Cultura e pela live do Facebook do Instituto de Estudos comparados em administração de conflitos (INEAC).

Sobre a intervenção militar no estado, que possui o prazo de encerramento até o dia 31 de dezembro, apenas o candidato Cláudio Castro aguarda o decurso das eleições para chancelar uma possível continuidade das forças armadas nas ruas do rio de janeiro. Explicitando, ainda, que a permanência do patrulhamento depende, também, do posicionamento do próximo presidente.

Depende do que o próximo presidente queira. Se puder ser renovado em moldes diferentes, com certeza pediremos. Nestes moldes de hoje, dificilmente pediríamos a continuidade, afirmou o Cláudio Castro.

Comte Bittencourt garantiu que Eduardo Paes não irá solicitar a renovação da intervenção, optando como primeiro ato, caso eleito, procurar o presidente escolhido e estabelecer um novo modelo de segurança pública, retomando o comando, mas contando com o apoio do exército em ações pontuais, como operações de inteligência. Vale ressaltar, contudo, que no debate realizado noSBT no dia 19 de setembro, Eduardo Paes declarou ter a intenção de utilizar as tropas, quando necessárias, para conter a dissuasão de facções criminosas, impedindo a sua expansão e a retomada de territórios dominados pelo crime organizado.

Quanto aos transportes, o candidato reforçou ainda a intenção da chapa em construir o BRT em São Gonçalo ainda neste mandato. É preciso resolver o problema do corredor de transporte de massa de São Gonçalo. São Gonçalo é a segunda (maior) população do Rio de Janeiro. Não é possível ser transportados pelo modal rodoviário. O transporte de trilhos é o ideal, mas o país vai passar ainda por um período de baixa capacidade de investimento então uma alternativa possível pode ser o BRT?, disse Bittencourt.

Leonardo Giordano, também mostrou interesse em reestruturar o transporte da região, além de realizar as obras paradas e retomar os investimentos públicos. Precisamos utilizar o Espelho d’água. São Gonçalo não ter barcas é um absurdo. Em Niterói, um terço da nossa juventude está sem emprego, precisamos retomar a indústria naval da cidade. O governo do estado tem um papel a cumprir nisso. Para a região de Itaboraí e Maricá, nós temos um olhar muito carinhoso e específico para essa área. Vamos ter um conjunto de obras públicas e investimentos para poder alavancar o emprego e garantir que a gente possa ter uma melhoria da questão nesta região.

Entre os candidatos que faltaram ao debate, todos os enviaram justificativa. Doutor Junianelli (PSB), que compõe a chapa coligada ao Pedro Fernandes (PDT) informou que teve um compromisso no sul fluminense. Enquanto Ivete Silva, do PSOLl, por complicações na agenda não conseguiu comparecer. A candidatura de Leide (PRP) na chapa puro-sangue com Anthony Garotinho foi impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral, devido a condenação em segunda instância do ex-governador por improbidade administrativa.

O evento ocorreu na Universo campus Niterói no dia 3 de outubro, com o apoio do Rotary Club Niterói-Leste, junto da TV Universo, do jornal o São Gonçalo e INEAC-UFF.

Ver mais notícias