Home » Notícias» Univesidade Belo Horizonte » COREN-MG promove entrega inédita do selo da qualidade do COFEN

6 de dezembro de 2019
COREN-MG promove entrega inédita do selo da qualidade do COFEN

Liga Acadêmica teve papel fundamental na certificação conquistada pela Universo BH

No dia 12 de setembro, o Conselho Regional de Enfermagem de Minas Gerais (COREN-MG) entregou à Universidade Salgado de Oliveira de Belo Horizonte (Universo BH) o selo da qualidade do COFEN, primeira instituição mineira certificada pelo Programa Nacional da Qualidade (PNQ) do sistema COFEN / Conselhos Regionais. Lançado em julho de 2018, a iniciativa é um novo sistema de acreditação em enfermagem, inédito no país, conferido à instituições de saúde e ensino por seus modelos inovadores em gestão de riscos, segurança e educação.

Enquanto a universidade recebeu o selo do COFEN, 20 docentes e um preceptor  todos enfermeiros envolvidos diretamente no processo para obtenção do PNQ foram certificados com a excelência da qualidade profissional. entre eles, os professores presentes Maria do Socorro Pacheco Pena, Lucinete Duarte dos Santos Ferreira, Flávia Hermínia Oliveira, Éder Júlio Rocha de Almeida, Gladston dos Santos Silva e Tiziane Rogério Madureira.

O recebimento do selo da qualidade pela instituição se deve, na verdade, a uma iniciativa da liga acadêmica de gestão e saúde (LAGS) da Universo, que teve conhecimento da certificação durante evento realizado pelo cofen, na sede do COREN-MG, e, em seguida, compartilhou a informação com a diretoria da universidade, que abraçou a causa.

Assim, como agradecimento, a Universo BH concedeu placas especiais à enfermeira Érika Santos Oliveira, madrinha da LAGS, ao COFEN e COREN-MG. Em comemoração aos 15 anos do curso de enfermagem, a universidade também entregou certificados aos representantes das 22 turmas formadas no período. homenageou, ainda, a enfermeira Rosimeire Moreira Francisca, graduada pela instituição, que atualmente trabalha na biblioteca do campus belo horizonte, tendo em vista sua contribuição permanente em pesquisas e, principalmente, o auxílio aos alunos do curso de enfermagem.

O Diretor Acadêmico da Universo BH, professor Uirá Ribeiro, agradeceu a todos os envolvidos no processo que resultou no recebimento do selo e destacou a importância dos futuros profissionais na manutenção da excelência da universidade.

Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades. Todos vocês, que são nossos alunos, formados com o aval desse selo, têm agora a enorme responsabilidade de sustentar essa certificação e ser modelo para os outros, como cidadãos, enfermeiros e seres humanos,? Ressaltou.

O COREN-MG foi representado na cerimônia pelo segundo-secretário Gustavo Adolfo Arantes e o enfermeiro fiscal Farley Sindeaux. Acredito muito na enfermagem, na Universo e em vocês, futuros profissionais da área. Parabéns a todos. Que vocês sejam modelo para outras universidades. esse reconhecimento é muito merecido?, acentuou Gustavo, ao destacar a responsabilidade dos profissionais na transformação da realidade da enfermagem.

Na mesma linha de raciocínio, o enfermeiro Cláudio Porto, Assessor de Relações Institucionais do COFEN, ressaltou a grande transição da área e mencionou que os futuros profissionais encontrarão uma realidade muito diferente de quando ele entrou ingressou na profissão. Vocês vão se transformar em enfermeiros empoderados nas rotinas de trabalho, avançando nos setores, áreas e situações completamente opostas daquelas aprendidas na faculdade?, avaliou. como exemplo, ressaltou que a enfermagem deixou de ser coadjuvante na área de diagnóstico e imagem. atualmente, os protagonistas da medicina diagnóstica no brasil são os enfermeiros e o técnicos de enfermagem.

Muito emocionada, a coordenadora do curso de enfermagem da Universo BH, professora Maria do Socorro Pacheco Pena, agradeceu especialmente ao Diretor Acadêmico da Universo BH, professor Uirá Ribeiro e ao conselheiro Gustavo Arantes. 

Quero agradecer ao COFEN por nos confiar o selo da qualidade. prometo fazer tudo, e falo em nome dos professores e dos alunos, para honrar esse título e essa instituição, realçou. Além disso, em defesa da valorização da categoria, a enfermeira destacou a importância de se respeitar as instituições da enfermagem, como o COREN, o COFEN, sindicatos e ABEN (Associação Brasileira de Enfermagem). Quando falo mal de uma entidade que me representa, estou falando de mim mesma, acrescentou.

O presidente da lags, o acadêmico de enfermagem Arthur Guimarães, disse que o sentimento foi de gratidão por todos os envolvidos no processo. É um orgulho muito grande ser a 2ª Universidade no Brasil e a 1ª em Minas Gerais a receber este selo tão importante, sublinhou. Também participaram da cerimônia a Diretora de Pesquisa e extensão da LAGS, alice Tamara Gonçalves Antunes, o Diretor de Pesquisa e Ensino daLAGS, Felipe Rodrigues de Almeida, e o representante do colegiado do curso de enfermagem Tulius Staporolli todos acadêmicos de enfermagem.

Palavra do COFEN sobre o selo Presidente do COFEN, o enfermeiro Manoel Neri, ressalta que com o programa nacional da qualidade o COFEN tem investido fortemente na ação de identificar, no mercado, as iniciativas pioneiras dos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem no exercício da profissão. Nesse sentido, temos detectado a presença e o protagonismo, principalmente dos enfermeiros, em áreas e situações que, até bem recentemente, seriam inimagináveis, diz, citando, como exemplo, as áreas de diagnóstico de imagem e medicina diagnóstica, anestesiologia e radiologia.

Além delas, Manoel Neri mencionou áreas estratégicos como tecnologia da informação, administrativas de controle e gestão, como gestão de custos, assistencial, de risco, da qualidade e de segurança do paciente. Essas novas estratégias precisam, urgentemente, ser agregadas à formação profissional para que tenhamos, cada vez mais, um profissional preparado adequadamente para atuar no mercado de trabalho, afirmou.

Inicialmente criado, de forma precursora no brasil e no mundo, para reconhecer e valorizar as boas práticas dos profissionais de enfermagem, o pnq tem sofrido impacto nos processos de certificação devido às práticas pioneiras e inovadoras. 

Isso tem exigido de nossa parte uma decidida e estratégica parceria com o setor de formação profissional. nesse sentido, esta certificação é um importante e determinante instrumento, analisa o Presidente do COFEN.

Segundo ele, com esse objetivo, foi criado o gt de tecnologia e inovações práticas, que possibilita o debate sobre as iniciativas detectadas pelo pnq e sugestões encaminhadas ao COFEN, relacionadas a ações necessárias para compartilhar esses novos saberes e conhecimentos. Assim, é possível que todos os profissionais e instituições, inclusive as de formação ? Que serão chamadas a participar desse trabalho, tenham pleno acesso a essa nova realidade.

Fonte: COREN-MG

 

Ver mais notícias